Image and video hosting by TinyPic />

Xangô Manda Na Razão




Comemoramos em 28/10 o dia de São Judas Tadeu sincretizado na Umbanda com Xangô do Oriente e em 30/09, dia de São Jerônimo, sincretizado com a vibração Pura de Xangô.                         

Xangô é o Orixá da Justiça e do Equilíbrio, senhor do fogo, dos trovões e das pedreiras. Não cede nem à flexão e nem à pressão, é rígido e estável como as rochas, julga de forma severa mas sem precipitação e finalmente estabelece a ordem tranquilizadora.

Devemos estar preparados e conscientes ao pedir Justiça a Xangô pois ela será feita, mas não a justiça dos homens e sim a Justiça Divina. Xangô é o Orixá da Justiça e seu campo preferencial de atuação é a razão, despertando nos seres o senso de equilibrio e equidade, já que só conscientizando e despertando para os reais valores da vida a evolução se processa num fluir contínuo. 

Xangô é a divindade que rege o fogo, o trovão, os raios, muito semelhante a Javé, Zeus, Odin e Tupã. Pode através da sua justiça, dispensar favores, movendo favoravelmente ventos, raios, trovões para nos defender e para ganharmos causas. A sua Lei é como a rocha, dura, justa, cega. Portanto, devemos pensar duas vezes antes de batermos a mão, a cabeça e clamarmos por justiça, pois se a nossa demanda for justa ele nos amparará e se não for, aos rigores de sua Lei, seremos chamados e o seu raio de correção virá para cima de nós mesmos.

Então quando nos sentirmos injustiçados devemos pedir que Xangô nos esclareça e se estivermos certos então que ele esclareça a outra parte e se esta não ouvir, então não precisamos nem pedir, que a Lei de Ação e Reação é automática e se cumprirá a justiça de Xangô em nossas vidas.

Na pedreira com Iansã, Xangô nos traz o arrojo, a determinação, a fortaleza, a segurança, a firmeza e a sustentação.
Na cachoeira junto com Oxum, nos purifica, nos energiza, nos dá vida, vigor, saúde e inteligência. Kaô-Kabecilê!






Nenhum comentário: