Image and video hosting by TinyPic />

Brilho da Verdade (São Miguel)







Chegou na voz do vento,
veio para enunciar.
A tormenta desse tempo,
e ninguém queira duvidar.

Quem ainda esta dormindo,
na ilusão a se demorar.
Não da mais pra viver fugindo,
é preciso desapegar.

Aqui vai doer um pouco,
para a cura depurar.
Segue sofrendo o orgulhoso,
Que se recusa a se trabalhar.

Se a ordem é severa,
é para quem não se firmou.
Quando pensar é como vela,
a luz dissipa o terror.

É no comando de São Miguel, 
essa vitória acontecer.
Tudo que não reflete Deus,
aqui não vai mais se estender.

Com o brilho da verdade,
Divina estrela vem confirmar.
Que o amor e a bondade,
nessa esfera é que vão reinar.




Um comentário:

Giancarlo disse...

Bella poesia!! buona giornata...ciao