Image and video hosting by TinyPic />

Absorvas do mundo apenas o que te acrescenta







No decorrer da vida sempre irão surgir contratempos, energias diversas que tentarão nos desestabilizar. Adversidades podem vir em forma de situações ou mesmo de pessoas, cabe a nós nos mantermos equilibrados no nosso eixo, cabe a nós permitirmos ou não que tais energias adentrem nosso espaço sagrado. Óbvio, não é tão simples assim, para mudarmos nossos padrões mentais se faz necessário um desejo profundo de transformação, requer muita força de vontade, diria eu, uma força de vontade absurda. Afinal, não vivemos ilhados, vivemos em sociedade, convivemos com inúmeras pessoas todos os dias, pessoas estas que nos chamam para conversar, solicitam nossa presença e temos que ouvi-las. Algumas possuem enfermidades físicas, outras enfermidades espirituais e nós, temos que ouvi-las, pois muitas fazem parte do nosso grupo íntimo de amigos ou mesmo são parentes queridos. Oferecer atenção e olhar amoroso a quem nos é caro é algo fácil, o difícil é conseguir filtrar tudo que ouvimos e não absorver para nós, não deixar que o negativismo penetre nosso campo energético. Quantas vezes estamos em meio a um grupo de pessoas que estão falando mal de outras pessoas? Quantas vezes nos encontramos com pessoas que só reclamam da vida? Quantas vezes nos deparamos com pessoas que só falam sobre doenças? Pois bem, devemos exercitar nossa mente para não absorver tais energias, também para não compartilhar de tais pensamentos e mais ainda para não julgar quem está em tal atmosfera negativa... Compreendamos que cada indivíduo tem sua própria trajetória, cada um se encontra em um grau de lucidez, mentes doentes resultam em corpos doentes... Tais pessoas que hoje se encontram enfermas fisicamente, ontem estavam doentes espiritualmente, devemos entender e jamais julgar. Quando ouvirmos algo que sabemos não nos acrescentará em nada, não auxiliará na nossa evolução como ser humano nem trará iluminação a nosso espírito, calemos... Mesmo que estejamos juntos a tal grupo maledicente, calemos e ocupemos nossa mente com pensamentos de LUZ. Contaminarmos-nos ou não, depende apenas de nós... Se não desejarmos, não entraremos na atmosfera negativa de ninguém. Se atuarmos na LUZ com toda verdade de nossa alma, seremos agentes de LUZ, emanaremos LUZ e auxiliaremos as demais pessoas a saírem da escuridão. Se estivermos firmes não seremos contaminados maleficamente e sim, contaminaremos beneficiando o todo. Pensemos LUZ, sejamos LUZ!


Lu Scheffelbain

Todas as reproduções, parciais ou na íntegra, devem fazer referência 
ao nome da autora Lu Scheffelbain  e ao blog http://eulunaluz.blogspot.com/


2 comentários:

Ivone Poemas disse...

Lu, muito bom seu post, escrevestes o que há de mais comum nas pessoas,as negatividades, mas a nossa independência é mesmo isso, deixar fora o que não nos pertence, é isso mesmo!
Seguir em frente firme no pensamento, pois somos nós mesmos que pensamos o pensamento!
Pensar o pensamento e ir em frente!
Abraços amiga!

Eu LU na LUZ disse...

Ivone, amiga mais que querida! É inegável, tudo depende de nós! E o pior, vez em quando, mesmo sabendo de tudo isso, nós ainda caímos nas arapucas do negativismo, agimos como tolos, enfim, nos autossabotamos... ORAI e VIGIAI sem parar, porque milhares de pensamentos e energias estão soltos por ai a nos cercar! Quanto ao e-mail não há pressa de respostas, o conteúdo de nossas conversas são sempre informais como nossa relação, coisa boa, sempre um "papo light", uma amizade saudável, uma troca gostosa de ideias, não é mesmo? Beijos, amiga querida demais!