Image and video hosting by TinyPic />

VALORES não saem de moda





Há uma frase de uma música gaúcha que diz “não vou matar meus avós pra ficar de bem com os netos” e este dito muito me agrada, pois estou convicta que valores não mudam, não saem de moda, valores não perecem com o tempo. Talvez por isso que eu seja de poucos, que minha privacidade seja verdadeiramente privada. Inconscientemente, é uma forma de me proteger para não me machucar, é precaução, prevenção. Há quem diga que isso é um tipo de covardia, mas não penso que seja covardia alguma e sim, instinto de preservação. É uma opção minha, um apelo de minha alma, ser de poucos de verdade a ser de muitos superficialmente. Eu gosto, afinal quem não gosta de sorrisos e elogios? Só não me conquistam quando não sinto verdade neles... Simples assim.

Todo dia alguém dá sinais de fraqueza, se deixa levar e comete algum ato infeliz, que entristece quem acredita na hombridade, na honradez. Parecem alguns políticos, que quando se elegem pela primeira vez chegam cheios de entusiasmo, querendo bater de frente com a corrupção, com a ilegalidade, com as improbidades. Infelizmente o entusiasmo é breve, logo cansam, passam a adotar como lema a máxima “uma andorinha só não faz verão” e optam por dançar conforme a música, porque este parece ser o caminho mais fácil... Corromper-se sempre parece ser o caminho mais fácil.

Como todos os seres humanos não sou perfeita, tenho defeitos sim, mas há coisas que não abro mão. Na verdade, penso que quem opta por dançar conforme a música é de fato uma pessoa desprovida de valores, talvez nem sequer os conheça, pois quando aprendemos algo jamais esquecemos. Quem é firme nos valores não vacila, age conforme seus preceitos de maneira automática. Eu até concordo que a sociedade é uma selva, que é um salve-se quem puder, mas mesmo assim, se depender de ter que dissimular prefiro não existir. A verdade no primeiro instante pode doer como uma tunda de laço, no entanto, sempre é melhor que a adulação da mentira. A verdade dói na hora e a mentira quando for descoberta doerá para sempre... Ficará aquela mancha como se fosse tatuagem, impossibilitando a reversão da impressão deixada, destruindo a relação, pois onde a desconfiança paira tudo acaba, não há como prosseguir.

Quando falo em valores, a primeira imagem que vem na mente é a de meu pai, um ser humano valoroso, do tempo que um fio de bigode valia como uma assinatura, do tempo que a palavra valia como um documento. Não sou do tipo melancólico, saudosista, bem pelo contrário, gosto que o tempo passe, vejo o tempo como um amigo, pois ele sempre traz melhorias, aperfeiçoamento, sabedoria. É a sabedoria do tempo vivido que proporciona a libertação da alma, é a lucidez que a maturidade traz que faz com que vejamos o verdadeiro sentido da vida.

No entanto, apesar de nada saudosista, sinto falta da firmeza dos velhos tempos, da postura que as pessoas tinham em épocas passadas, onde cumpriam o que diziam, onde eram leais. Hoje há os que falam uma coisa e fazem outra, a maior parte tenta parecer o que não é. Carregam consigo o prazer em ludibriar os outros, estão sempre com a intenção de tirar vantagem, de se dar bem, independente de que pra isso tenham que dissimular o tempo todo, como quem se prostitui, se vende. Para quem assiste chega ser assustador, certas atitudes causam medo em que as presencia. Então fico me perguntando que jogo é esse onde todos fingem, uns fingem serem amáveis, sinceros, solícitos, honestos e afetivos, enquanto outros fingem que acreditam em tal performance. É isso que chamam de sociedade civilizada? A meu ver isso é o caos, não enxergo civilidade alguma em desonestidade, falta de caráter, jogo de interesses, etc.

Sinto falta do tempo que as pessoas sabiam quem é quem, que a amizade e o amor eram valorizados, eram exaltados, enfim, que os sentimentos eram verdadeiros e as pessoas também. Com certeza, é muito mais fácil tu seres o bonzinho ou a boazinha a ter que assumir que pensas diferente, que és incorruptível, que tua moral não está a venda, que tua pessoa não se “barganha”, pois isso pode resultar em revanche, em desafetos. Contudo, penso que apenas os desleais não consigam conviver com rejeição, por isso que fazem de tudo para serem aceitos. Desleais puxam o saco para se sobressaírem, para garantirem emprego, cargos, amizades. Desleais não possuem boa auto estima, por isso precisam sempre se sentir melhores que os outros. Desleais são verdadeiramente inescrupulosos, ou popularmente falando, não têm vergonha na cara.

Certamente, as pessoas que são verdadeiras se sentem sozinhas em meio a multidão e talvez se sintam melhores quando estão sozinhas de fato, afinal, é difícil encontrar alguém que se consiga uma boa troca, um bom diálogo, é difícil encontrar alguém que sintamos que nos acrescente algo significativo, algo positivo... Óbvio, há no mundo pessoas encantadoras, mas sabemos que a maior parte se encontra vazia e sem firmeza nas palavras e nas atitudes. Há quem considere mais fácil se corromper, os que já nasceram predispostos a corromper-se, mas há os que jamais conseguirão. Quem sabe seja por isso que existam, apesar de raros, os ermitãos, também conhecidos como eremitas, pessoas que optam por viver em total isolamento, quem sabe?!



Por  Lu Scheffelbain

Todas as reproduções, parciais ou na íntegra, devem fazer referência ao nome da autora 
Lu Scheffelbain e ao blog http://eulunaluz.blogspot.com/
 





7 comentários:

Ivone Poemas disse...

Lu, amiga linda e querida, tudo o que escrevestes aqui é mesmo de uma pessoa íntegra, pois eu amiga, nunca faço o que vai contra meus princípios,recebi uma educação também assim, meus pais, nossa tenho orgulho deles! Meu marido também foi educado no bem e na honestidade e criamos nossos filhos assim, meu genro também é de uma dignidade, minha nora também, e acredito que atraímos tudo de bom com isso!
Você está criando a Maria, acredite amiga, um dia ela será bem sucedida e por sua vez encontrará um ótimo marido, pelo menos ela terá princípios iguais aos seus e aos do Fabrício, que é um ótimo pai!
Os valores não mudam mesmo minha linda e nós que temos os nossos não nos degeneraremos!
Mil beijos!

Eu LU na LUZ disse...

AMÉM! Ivone amiga mais que querida, levarei tuas palavras como um decreto, minha Maria há de ser sim bem sucedida e se optar por casar, terá sim um excelente marido! AMÉM!

E tu minha amiga, imagino tua alegria e também do amigo Nardo, ao ver os filhos bem encaminhados e felizes, juntamente com as famílias que eles construíram... Vocês dois vendo os netos crescendo com saúde, harmonia e alegria, numa estrutura familiar, enfim, a vida fluindo como tem que ser... Imagino a satisfação que vocês sintam, pois creio que para os pais, ver os filhos felizes é a maior das realizações, penso que assim seja possível dizer MINHA VIDA VALEU A PENA, POIS EU SOUBE ORIENTAR MEUS FILHOS, ELES SÃO PESSOAS DE BEM, ELES SÃO FELIZES!

Beijão minha amiga lindona, amiga que apesar de eu sentir sempre junto comigo, vez em quando me dá uma vontade louca de estar pertinho, bem pertinho pra poder dar um abraço bem apertado... Essas vontades de te ver e conversar de perto é de tanto que te quero bem Ivone, amiga mais que querida! Bjus bjus bjus que hoje se estendem a toda tua família, gente boníssima, gente rara... Mérito teu e do amigo Nardo, esses filhos maravilhosos que vcs têm! DEUS OS ABENÇOE!

Ivone Poemas disse...

Ah, obrigada minha linda pelo seu carinho, "algo me disse "volta lá a Lu respondeu ao comentario, rsrs," pois é amiga, adoro poder conversar contigo, assim, desse jeito, nossos blogues foram feitos para isso mesmo, nossas trocas de ideias como antigamente, pois é, parece que faz anos que nos conhecemos, adoro essa nossa amizade!
Amigos de verdade respeitam, amam, não cobram nunca nada, deixam as coisas acontecerem naturalmente e eu amiga, estava sentindo sua falta aqui em seu blogue lindo, sempre dou uma olhada para ver se tem textos seus, pois tens talento e isso eu gosto de prestigiar nas pessoas!
Abraços minha amiga muito querida!

blog da fafa disse...

lu adorei esse texto é tudo verdade eu tb sinto assim te amo muito tu sabe disso .bjao meu anjo

Malu disse...

Agradeço a sua visita muito carinhosa!!!
Realmente os valores verdadeiros nunca saem de moda. Perpetuam-se, sempre.
Abraços

" ESSÊNCIA ESTELAR MAYA " disse...

Lu minha querida,

“A verdade dói na hora e a mentira quando for descoberta doerá para sempre”, adorei estas palavras.
Sabe que também prefiro pessoas autênticas na minha vida, do que aquelas que vivem nos “bajulando” e querendo se fazer sempre presentes, necessárias e amigas.
Eu e meu marido conversamos muito á respeito disto......do quanto as pessoas estão superficiais e vazias.
E são poucas as amizades sinceras e verdadeiras que fazem parte de nossa vida, porque preservamos alguns valores nossos que nem sempre são compreendidos por algumas pessoas.
Mas vou ser sincera contigo, não sinto muita falta de gente me rodeando.....é até o contrário, prefiro ficar no meu canto, fazer um programa em família......e nós aqui em casa nos damos tão bem!!!
Por enquanto meus filhos estão com 10, 12 e 14 anos, e futuramente talvez queiram namorar e até casar, e querendo ou não nosso círculo terá que aumentar.......mas como já comentei uma vez com você, estarão livres para fazer suas escolhas na vida, e tenho certeza que estarão sempre atraindo somente pessoas e energias Maravilhosas para suas vidas.
Porque eu e o pai sempre procuramos transmitir valores e princípios que só lhes lapidaram o caráter, com muita responsabilidade e realidade.

Parabéns pelo texto muito bem desenvolvido, aliás não me canso de dizer que escreves de forma Maravilhosa!!!

Um beijo grande em seu coração!!!
De Lú pra Lu!

Nadja disse...

Oi Lu!

Acredito que ainda existam pessoas boas, pessoas íntegras, pessoas que realmente podemos sentar e conversar como gente decente.
Porém, o número de porcaria é tão grande, mas tão grande, que é preciso desenvolver muita atenção para separar o joio do trigo.
Mas como você mesma disse que tem um "vibromêtro execelente", nada mais justo do que mantê-lo ligado.
Ligado para captar quem é do Bem, aliás, quando a gente encontra esses seres tão iluminados, nem acreditamos, não é verdade?

Bjksss