Image and video hosting by TinyPic />

Pilobolus Dance Theatre


LIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIINDO!




Fundada em 1971, a companhia americana criou a chamada dança acrobática, que combina passos contemporâneos, força física e precisão, e inspirou trupes consolidadas como o Momix e a Cia. de Dança Deborah Colker. De volta ao palco do Teatro Alfa, o grupo deixa de lado o usual programa composto de várias montagens breves (o que já causou aborrecimento aos espectadores paulistanos por causa das entediantes pausas entre cada uma delas) e apresenta uma coreografia única, numa exibição mais dinâmica. Shadowland (2009) explora uma das características que fizeram a fama da Pilobolus: o jogo de sombras. Por trás de uma tela, os artistas se desdobram para dar origem a formas inusitadas como um elefante, uma cabeça gigante ou uma flor. Os criativos efeitos visuais das esculturas humanas quase sempre vêm acompanhados de uma pitada de humor. O espetáculo traz a história de uma adolescente que dorme e vai parar em um mundo de sonhos, povoado por curiosas criaturas. Dias 30, 31/8 e 1º/9/2013.


Além das sombras: um dos escritores do desenho animado Bob Esponja, o americano Steven Banks ajudou na criação da trama do espetáculo.


Resenha por Carolina Giovanelli.


Nenhum comentário: