Image and video hosting by TinyPic />

Use o sal para afastar maus espíritos e recarregar energias




A palavra sal vem do grego hals e halos, que tanto significa sal como mar. Da mesma raiz se deriva a palavra halita, dada ao cloreto de sódio encontrado em depósitos naturais, que é o sal gema.

Platão falava que "o sal é uma substância cara aos Deuses". Antigamente, sacerdotes usavam o sal para afastar os demônios. No Egito Antigo, o sal foi considerado um produto sagrado e era oferecido aos Deuses. Os romanos consideravam o sal um símbolo de sabedoria, e por isso usavam-no num ritual aos recém-nascidos, derramavam sal sobre eles para que nunca faltasse a sabedoria.

Gregos e romanos, para agradar deuses do lar, faziam sacrifícios de animais. Era comum por sal na cabeça do animal sacrificado, para purificar a casa. Também para os hebreus o sal era elemento de purificação, assim como os cristãos, que no batismo colocavam sal nos lábios de recém-nascidos.

Na Idade Média o sal era usado para afastar os maus espíritos, os demônios e as bruxas das casas, jogando sal nas portas, janelas e chaminés. Na obra de Leonardo da Vinci A Última Ceia retrata um saleiro derrubado diante de Judas e apontando na sua direção. Nesta época dizia-se que alguém que entornasse sal deveria pegar um punhado do que foi derramado e lançá-lo para trás do ombro esquerdo, lado que representava o mal.

Os árabes citam recomendações de Maomé: "começar pelo sal e terminar com o sal; porque o sal cura numerosos males". No Marrocos coloca-se sal nos lugares escuros para espantar os maus espíritos. No Laos e Sião, as mulheres grávidas lavam-se diariamente com água e sal para proteger-se contra as maldições. Nos países Nórdicos, o sal e coloca junto ao berço das crianças, para protegê-las.

No Havaí, a pessoa que volta de um funeral joga sal sobre ela mesma, para afastar maus espíritos não venham com ela do enterro. Os japoneses têm o costume de deitar sal na soleira da porta de suas casas depois de alguém não desejado ou negativo ter saído.

Nos dias atuais, o sal continua sendo muito usado por vários povos com muita força mística. É usado no esoterismo e bruxaria para afastar as energias ruins e os maus espíritos. O sal grosso e o sal marinho são muito usados para eliminar a energia negativa de ambientes e das pessoas. O sal tem a propriedade de atrair a os íons negativos dos ambientes e das pessoas.

Residências e empresas que têm a energia negativa sofrem um desequilíbrio energético que atua negativamente nos ambientes e energia das pessoas. É muito comum esta energia negativa ficar concentrada nos cantos dos ambientes e na porta de entrada principal do imóvel.

O sal é um potente elemento no combate das energias em conjunto com outros elementos. Veja algumas formas de usar o sal no equilíbrio, proteção e purificação da sua casa:

- Coloque atrás da porta de entrada de cada ambiente da casa ou empresa um copinho plástico de café cheio de sal. O sal irá absorver as más energias deste ambiente. Trocar o copo com sal uma vez por semana.

- Coloque atrás da porta de entrada principal dos ambientes um copo de vidro americano com água e uma medida de dedo de sal. A combinação de água com sal é um poderoso catalisador de más energias. Trocar a água com sal uma vez por semana.

- Coloque atrás da porta de entrada principal dos ambientes um copo de vidro americano com água, uma medida de dedo de sal e um pedaço de carvão vegetal. A combinação de água, sal e carvão é um poderoso catalisador de más energias. O carvão fica boiando no topo do copo. Trocar a água com sal toda vez que o carvão afundar.


Por Franco Guizzetti


Nenhum comentário: