Image and video hosting by TinyPic />

Haja o que houver, permaneça na LUZ!







Não sejamos tolos(as), sejamos sábios(as), em hipótese alguma permitamos nos desviar da LUZ! Estamos tendo a oportunidade de evoluir nosso espírito aqui nesta morada terrena, por isso não permitamos que nada nos desvie da LUZ! Na Bíblia diz orai e vigiai, este é um dos mais sábios ensinamentos, pois é o que devemos fazer a todo instante, fervorosamente orar e vigiar. Não significa recitar orações decoradas e sim, conversar informalmente como faríamos com um amigo, dizer o que sentimos com a verdade do nosso coração.  Dizer ao COSMOS, ao CRIADOR, ao PODER SUPREMO, o que almejamos para nossa vida, o que buscamos alcançar... Os nossos anseios emocionais, espirituais e até mesmo os materiais. Orar incessantemente para nos mantermos equilibrados, para não sairmos do foco, para não nos desviarmos da LUZ! Vigiar, nada mais é do que ficarmos alertas, mantendo nossos pensamentos elevados, para que não nos desviemos da LUZ! Vigilância nas palavras que proferimos, nos nossos atos, nos nossos pensamentos, na nossa postura em relação a vida, tudo para que permaneçamos na LUZ! Não nos deixemos tomar pela ira, pelo sentimento de vingança quando alguém agir de má fé conosco, pois os atos alheios não nos dizem respeito, mesmo que tenhamos sido a vitima, não nos diz respeito a atitude dos outros. Quem cometer um delito que se sinta infeliz, quem cometer uma injustiça, quem trair a confiança, quem fizer maldades, quem magoar, enfim, que se sinta infeliz. Nós, mesmo que sejamos vítimas não podemos nos postar infelizes, o sofrimento deve ficar com seu propositor e com mais ninguém, pois não devemos permitir que nada nos desvie da LUZ! Ofensas, mágoas, maldades, todos esses atos inferiores devemos comparar com presentes, quando alguém nos oferecer e nós não quisermos aceitar, quem ofereceu recebe de volta. É assim que devemos agir, o que não queremos para nós devolvemos a pessoa que nos ofertou. Sejamos resistentes ao mal, quando não vibramos na maldade ela se torna inexistente, não consegue nos afetar de forma alguma, não consegue invadir nosso campo energético, nosso espaço sagrado. Não devemos aceitar nada que não nos faça bem, aceitemos apenas o bem, aceitemos apenas a LUZ.



By   Lu Scheffelbain

Todas as reproduções, parciais ou na íntegra, devem fazer referência 
ao nome da autora Lu Scheffelbain  e ao blog http://eulunaluz.blogspot.com/


5 comentários:

Miranda disse...

Oi amiga querida!
amo seus comentários carinhosos, adoro seu blog, sempre muito interessante e gostoso de ler, é engraçado, nunca te vi, mas me sinto tão ligada á você, é uma amizade de força, luz! é estranho e ao mesmo tempo maravilhoso!
bj cheio de paz!

Eu LU na LUZ disse...

Miranda, é estranho, mas é maravilhoso e isso que importa! E também considero incrível nós não vermos as pessoas e podermos percebe-las, sentir em que onda elas vibram... Para mim isso é fantástico! Espero que continuemos uma bonita amizade, de força, de LUZ! Beijos

MA FERREIRA disse...

Oi LU Z..querida..

Um dia eu escrevi que não compro as dores dos outros. E fui até mal interpretada. Antes eu também sofria todas as dores. Se alguem próximo sofria eu tb sofria.
Mas hoje aprendi que cada um tem dentro de si os instrumentos para resolverem os seus conflitos. Basta resgata-los dentro de si.
E se eu absorver as dores dos outros em que poderei ajudar?
Em nada, pq estarei contamidada.
Lógico que me solidarizo..que faço tudo o que posso para ajudar.
Ms tento manter o equilibrio, entender que aquela pessoa tem que passar por aquele momento para evoluir.
Como eu também tenho.

Espero te conseguido expressar o meu sentimento.

Um beijo..obrigada por tanto carinho.

Uma semana de LUZ!! bjs

Eu LU na LUZ disse...

MA, querida! Entendo perfeitamente o que dizes e sei bem que muitas pessoas não conseguem alcançar tal raciocínio, rotulam tal postura como uma atitude egoísta, o que é de fato um grande equívoco. Temos que ser fortes sim e não entrar na atmosfera aflitiva de ninguém, podemos auxiliar com encorajamento e no que for preciso, mas jamais incentivar as lamentações, isso só piora... As pessoas são tão loucas que confundem solidariedade com "pilha", acham que para mostrar que estão ajudando têm que intensificar a situação/problema, pilhar mais ainda a criatura que já se sente no chão, sem norte... Temos que mostrar que há saída, colocar a pessoa pra cima, tentar fazer vê-la novos horizontes, mas obvio, ninguém tira ninguém do "escuro", o encontro com a LUZ é pessoal... Nós podemos ser ombros, mas aquele "salto mortal" que vai tirá-la do "buraco" depende dela, somente dela! Beijos pra ti, amiga querida das MÃOS DE DIVA E MENTE LUZENTE! Semana de LUZ para todos nós! Beijão

Ivone Poemas disse...

Lu, que boa integração energética por aqui, amo ler e estar por aqui sempre que possível, podes crer amiga, mesmo porque aqui há pessoas afins, almas afins e isso é mesmo bom, LUZ, é isso sempre estarmos ligados por algo maior!
Tem uma coisa que aprendi, li e nunca me esqueci que diz que quando pensamos em fazer o mal à alguém, o nosso subconsciente entende que esse mal é direcionado a nós mesmos, portanto quando estamos sofrendo temos de analisar o que andamos pensando ou desejando ao nosso próximo.
É bem assim!!!
Abraços à todos!
Ivone